sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Livro: Além Da Vida - Capitulo 1


Capitulo I     Uma amizade destruída


— Sabe que o que estamos fazendo é errado não sabe? — Samuel questionou Gregory.
— Sei mais eu gosto — Gregory respondeu com um sorriso no rosto.
— Se eles nos pegarem estamos ferrados.
— Eu não to nem ai.
      Samuel e Gregory estavam colocando uma bomba de mal cheiro na cadeira da professora de química que eles odiavam.
     Mas quando iam sair de fininho ouviram a porta abrir.
— Vem pra baixo da mesa rápido — Samuel sussurrou a  Gregory.
     Era a professora. Ela entrou na sala e foi se sentar. Quando ela sentou a bombinha explodiu e o cheiro se espalhou por toda a sala.
— Mas que cheiro horrível — resmungou consigo mesma enquanto saia da sala.
— Nossa, é horrível mesmo — disse Samuel.
— Vamos sair daqui —  Gregory agarrou o pulso de Samuel e o puxou para a porta. Mas ao tentar abrir viu que estava trancada.
— E agora? – perguntou Gregory preocupado.
— Já sei — Samuel foi em direção a janela e Gregory foi atrás.
     Samuel saiu e ficou do lado de fora.
— É muito alto — disse Gregory, afinal era o terceiro andar.
— Eu te desafio — disse Samuel esticando a mão para pegar a de Gregory.
     Desafios para eles eram sagrados.
     Tudo começou uma vez em que Samuel e Gregory estavam caminhando na rua conversando.
— Duvido que você da um tapa na bunda daquela garota — disse Samuel quando uma garota passou correndo malhando.
— Você ta louco? Ela vai me quebrar.
— Eu te desafio.
     Gregory correu atrás da garota e deu um tapa tão forte na bunda dela que Samuel conseguiu ouvir de onde estava. A garota se virou pra ele e deu um tapa na sua cara, depois um soco na sua barriga e o jogou no chão.
     Samuel estava perdendo o ar de tanto rir.
     A garota virou as costas e continuou correndo.
— Nossa, ela te bateu legal — Samuel disse ao levantar  Gregory  do chão.
— Seu idiota.
— Calma, podia ter sido pior.
— Como? —  Gregory se questionou depois de ter levado tamanha surra de uma garota.
— Ela podia estar armada —  Samuel disse e voltou a rir de Gregory.
     A partir daquele dia os desafios começaram a ser mais sérios. Eles fizeram pacto no qual nenhum dos dois poderia negar um desafio. E como eram muito amigos desde a infância, combinaram também que se um dos dois morresse o outro teria que se matar.
     Gregory pegou a mão de  Samuel e subiu na janela para o lado de fora.
     Ninguém conseguia os ver porque do lado de fora tinha um carvalho enorme que tampava a janela.
—  Gregory tem uma coisa que eu preciso te falar — Samuel disse com uma expressão seria.
— O que?
     Eles estavam tão entretidos na conversa que não ouviram quando a professora entrou na sala com o diretor.
— Então Carlos, isso só pode ter sido obra de um dos alunos. — Margarete falou em relação ao cheiro.
     O diretor então viu movimentos na janela e foi em direção a ela cautelosamente.
— Eu que-queria dizer — Samuel gaguejou.
     De repente então o diretor abre a janela bruscamente. Gregory se assusta e cai.
— Não — grita Samuel que ao mesmo tempo se joga atrás para tentar salvar o melhor amigo, mas o diretor segura sua perna — Me larga eu tenho que salva-lo. Me solta. Me solta.
— Calma garoto — diz o diretor desesperado — Vá pelas escadas.
     O diretor puxou Samuel para dentro da sala que começou a correr descendo as escadas.
     Quando chegou lá embaixo já haviam vários alunos rodeando o corpo do seu melhor amigo.
— Sai da frente. Sai da frente. — ele gritava chorando e empurrando as pessoas que estavam olhando.
     Ao chegar ao corpo de  Gregory ele agarrou pegou sua cabeça com as mãos e a abraçou.
— Por favor,  Gregory não me deixa. Não me deixa. — suplicava na tentativa de seu amigo voltar à vida.
     Mas seu coração já havia parado.

6 comentários:

  1. Muito bom. Gostei. Espero que voce não pare de postar!

    ResponderExcluir
  2. Cara nossa muito bom mesmo.!
    Quando voce vai postar as continuações?? To esperando hein.

    ResponderExcluir
  3. so good =D
    Ação,Drama e até Comédia bem desenvolvido o capítulo.

    témaz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadooh.. e aguarde qe tein muito mais vindo por aih..."

      Excluir
  4. Gostei muito ,o final parece trágico , mas como continua ... já esperando a próxima parte . seguindo seu blog, segue o meu
    http://andyantunes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro qe' continua, vooc vai se impressionar com cada parte qe' eo ecrever..." Obrigado pelo carinho e jah stou seguindo seu Blog tambem..."

      Excluir